Por que tomar Spirulina e Chlorella?

Chlorella

Oi pessoal, como vocês sempre me perguntam no snap sobre a função da Spirulina e Chlorella, resolvi escrever aqui mais detalhado.

Hoje sabemos a importância de detoxificar, purificar e renovar as nossas células antes de qualquer coisa.

Com a correria do dia a dia, hábitos alimentares ruins, estresse e excesso de atividades intelectuais, nosso corpo vai ficando debilitado e precisando de mudanças.

Quando essas mudanças começam na alimentação, uma cadeia de relações metabólicas vão acontecendo e mexendo com o corpo inteiro.

Aí é que entra a essas duas algas super potentes.

chlorella comprar

 

A Chlorella usamos muito para eliminar as impurezas do corpo,  aumentar a imunidade,  regular o sistema digestivo e também como fonte de renovação celular.

 

 

 

Spirulina comprar

 

A Spirulina é ótima para fornecer energia, aumentando a força e produtividade do treino. Ela também auxilia na proteção celular eliminando os radicais livres e no processo do emagrecimento.

 

 

Onde comprar e como usar?

A Ocean Drop é uma das marcas que gosto de utilizar bastante em consultório, como forma de suplementar e abusar dessas estratégias alimentares.

Você pode pegar as informações de compra pelo insta @oceandrop ou whatsapp (47) 9999-7650, ou comprar clicando aqui, e com o código “vemcomelas” você ganha 10% de desconto. #ficaadica

Geralmente utilizo a Chlorella de 500mg a 1000mg no final do dia e a Spirulina a mesma dose de manhã e antes do treino, mas a conduta é bem individual e precisa ser orientada pelo seu Nutricionista.

Qualquer dúvida podem perguntar aqui ou lá no insta @VemComElas.

Beijinhos

Manu

 

 

 

 





H1N1: ENTENDA OS SINTOMAS DA DOENÇA

logo_tylenol

Os casos da gripe começaram a surgir mais cedo em 2016

A chegada do Outono, época que antecede a estação mais fria do ano, traz consigo alguns problemas comuns dessas estações, como gripes e resfriados. Além do aumento alarmante das arboviroses – dengue, chikungunya e zika vírus – neste início do ano, surge agora mais uma preocupação à população brasileira: a gripe H1N1.

“Os sintomas são muito parecidos, mas as chances de complicações e de hospitalizações com o vírus H1N1 são mais frequentes do que com os outros tipos de vírus influenza”, afirma o coordenador de infectologia pediátrica do Hospital Sabará de São Paulo, Dr. Marco Aurélio Sáfadi.

Os casos começaram a aparecer mais cedo este ano e ainda não se sabe a explicação para esse fenômeno. Torna-se preocupante ver casos de H1N1 no verão, já que essa é uma doença mais comum no inverno. Com alguns sintomas muito parecidos com os das arboviroses, que tiveram um grande aumento este ano, fazer um diagnóstico diferenciado pode ser um desafio, especialmente nos atendimentos dos prontos socorros. Sintomas como febre, dores musculares, dor de cabeça e fadiga se assemelham aos das arboviroses, mas a H1N1 se diferencia pela presença de coriza, problemas respiratórios e dor de garganta.

“O paciente deve ter cuidado ao se automedicar para combater os sintomas. Os anti-inflamatórios são contraindicados para quem está com Dengue. Nós temos privilegiado para o controle da febre e dos sintomas de mal-estar, medicamentos à base de paracetamol, por exemplo”, explica Dr. Sáfadi.

De acordo com a Vigilância de Doenças Transmissíveis do Ministério da Saúde, o número de casos registrados de H1N1 no Estado de São Paulo nos três primeiros meses de 2016 já é superior ao que foi contabilizado em todo o país durante o ano de 2015. Até agora, foram identificados no estado 157 pacientes com a infecção pelo vírus.

Mas o que é a gripe H1N1?

A gripe H1N1 – é uma das muitas gripes causadas pelo vírus Influenza.  Existem três tipos de vírus Influenza – A, B e C – os vírus influenza A e B são responsáveis por epidemias sazonais, sendo o vírus influenza A responsável pelas grandes pandemias. Em abril de 2009, o mundo assistiu apreensivo ao ressurgimento de uma das mais mortíferas variantes gripais da história da Humanidade. Naquele mês, mais de 100 pessoas morreram no México em decorrência da reedição da gripe espanhola – causada pelo subtipo H1N1 do vírus Influenza A, – mas com uma nova cepa de vírus.

Quanto aos sintomas da gripe, tanto a sazonal quanto a pandêmica, pouco diferem entre si. Em geral, são calafrios ou uma sensação de frio, mas febre pode também representar a primeira manifestação clínica, com as temperaturas corpóreas variando entre 38 a 39 °C.

Os principais sintomas são:

Dores pelo corpo, especialmente nas articulações e garganta

Febre e frio excessivo

Fadiga

Cefaleia

Olhos irritados e lacrimejantes

Vermelhidão dos olhos, pele (particularmente face), boca, garganta e nariz

Em crianças, sintomas gastrintestinais, principalmente diarreia e dores abdominais.

A transmissão de doença é mais fácil do que se imagina, ela se dá pelo contato direto ou com objetos contaminados de pessoa para pessoa, por via aérea ou por meio de partículas de saliva e de secreções das vias respiratórias.

Prevenção ainda é o melhor caminho

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), o modo mais efetivo de controlar a gripe em si e os desfechos graves dessa doença é através da vacinação. Vacinas seguras e efetivas estão disponíveis e são utilizadas por mais de 60 anos, sendo especialmente importante para aquelas pessoas que vivem ou cuidam de idosos e crianças, grupo que representa maior risco de contaminação. O paracetamol é recomendado pela OMS – Organização Mundial da Saúde para tratamento sintomático da febre e dor nos casos de arboviroses e gripe. O paracetamol é seguro e eficaz para o tratamento de febre e dor em pessoas de todas as faixas etária nos casos de arboviroses e gripes, além de cuidar sem agredir o estômago.

Sobre a Johnson & Johnson do Brasil Ltda*

Johnson & Johnson do Brasil Ltda* é uma empresa voltada para a saúde e bem-estar dos consumidores, investindo fortemente em pesquisa e na qualidade dos seus produtos. No Brasil desde 1933, a empresa oferece mais de 140 produtos e emprega cerca de seis mil funcionários. A Johnson & Johnson do Brasil Ltda* é pioneira no lançamento de produtos que são referências de categoria, como em proteção solar com a marca SUNDOWN®, em adesivos curativos com a marca BAND-AID® e com a tradição da linha JOHNSON’S® Baby. * Johnson & Johnson do Brasil Indústria e Comércio de Produtos para Saúde Ltda.

Central de Relacionamento com o Consumidor Johnson & Johnson

0800 703 63 63 / www.jnjbrasil.com.br





SOPA DE ABÓBORA JAPONESA COM CURRY

Pra começar essa semana fria que tal uma sopa deliciosa ?

Receita da @verdevertgreen

sopa

INGREDIENTES:

  • 3 xíc de abóbora japonesa descascada;
  • Curry em pó a gosto;
  • 2 col sopa de óleo de coco ou azeite;
  • 1 cebola picada;
  • 1 dente de alho picado;
  • um pouco de gengibre picado;
  • uma pitada de cúrcuma;
  • 4 col sopa de leite de coco caseiro
  • 2 xíc de caldo de legumes caseiro;
  • rúcula a gosto;
  • sementes de girassol e abóbora a gosto;
  • cheiro verde a gosto.

COMO FAZER:

  1. Cozinhe a abóbora;
  2. Bata no liquidificador com o caldo de legumes e o gengibre;
  3. Refogue a cebola e o alho no óleo de coco ou azeite;
  4. Adicione a abóbora batida, o curry, a cúrcuma e o leite de coco e cozinhe até ferver;
  5. Acrescente o Cheiro verde, a rúcula e as sementes quando for servir.

Quem mais ficou com vontade ??





PEELING DE FENOL

IMG_6961

Uma das grandes novidades dos últimos anos foi o surgimento do peeling de fenol modificado, ele é indicado para pacientes com quadros mais graves de envelhecimento da pele e cicatrizes de acne profundas promovendo resultados surpreendentes sem a necessidade de corte ou cirurgia.

O processo dura aproximadamente 2 horas, feito em ambiente hospitalar com sedação profunda pelo anestesista e a recuperação ocorre em aproximadamente 15 dias. Ele promove a “descamação” até as camadas mais profundas da pele.

Antes da realização do procedimento os pacientes são analisados cuidadosamente e alertados sobre a necessidade de seguir passo a passo as orientações durante a recuperação.

É o único procedimento que com apenas uma sessão pode-se alcançar um rejuvenescimento facial de At

Estou à disposição para maiores dúvidas.

BEIJOS

DRA LUCIANA PASSONI

 E MAIL DRALUPASSONI@GMAIL.COM

INSTAGRAM @LUPASSONI

 





Uma relação de ódio e amor com a esteira

Manu
Mas, afinal, o amor não deveria vir antes do ódio? Fatalmente, não, em especial quando se trata da relação entre eu, a corrida e a esteira.
 
Um ano após a minha primeira corrida de rua, percebi que poderia atingir resultados muito mais significativos e surpreendentes com a ajuda de uma assessoria esportiva, mas meu negócio sempre foi o asfalto e assim continuou sendo, já que entre correr na esteira e perder o treino, eu quase sempre acabava ficando com a última opção ou, quando decidia forçar a barra, achava o máximo correr fazendo cara de brava e me achando uma queniana,  enquanto corria em frente ao espelho, mas, infelizmente, essa empolgação só durava por uns 3k que, por livre e espontânea ilusão, eu considerava o equivalente a 5k, então, a esmagadora maioria dos meus treinos se resumiam ao asfalto, ao asfalto e ao asfalto.
 
Com o tempo e, talvez, com tanto impacto e falta de diferentes estímulos, acabei me lesionando às vésperas da 21K AXION energy Buenos Aires, minha prova-alvo do ano passado. Louca por Buenos Aires que sou e certa de que precisava correr aqueles vinte e um quilômetros, fui, chorei, engoli o choro, completei a prova no meu melhor tempo, até então, e, obviamente, precisei ficar quatro meses sem correr, além disso consegui a proeza de engordar três quilos em uma semana e, por isso, entre as sessões de fisioterapia, voltei a nadar e o meu ortopedista quase virou psicólogo.
 
Com o aval do meu ortopedista, voltei a engatinhar, fiz e continuo fazendo alguns treinos na areia fofa e, então, tive a certeza de toda a importância da corrida na minha vida quando consegui completar 12k sem sofrimento em cima de uma esteira – minha principal tática foi usar a quilometragem progressiva como recorde a cada semana. Eu fiquei uma hora e dez minutos correndo na esteira, pensando na vida, ouvindo minhas músicas preferidas – algo que não faço quando corro na rua – e, principalmente, muito feliz por estar entregando um treino da melhor maneira possível do que simplesmente aceitar deixa-lo de lado. Uma coisa é certa: a todo treino na esteira eu penso o quanto a minha relação com a corrida amadureceu e o quanto a “chatice” da esteira foi importante para eu perceber isso. Talvez, se não fosse a esteira eu ainda não teria percebido que noventa porcento dos meus problemas se resolvem com endorfina. Foi com a esteira que consegui deixar de procrastinar e passei a andar de mão dada com a disciplina, afinal, o treino “não feito” passou a dar lugar para o treinoindoor
 
Por mais que eu treine muito mais na rua, tenho optado por fazer os meus treinos mais fortes – fartlek, intervalo e progressivo – na esteira e é exatamente por optar fazê-los na esteira que consigo controlar o ritmo exato – e a inclinação! -, além de, por consequência, acabar optando por um impacto menor.
 
Inclusive, minha última sexta-feira foi de treino indoor, mas quem tem uma Meia Maratona em seis semanas não liga de correr na esteira em plena noite de sexta-feira, né? A propósito, a próxima Meia Maratona do Rio será histórica, afinal, pela primeira vez, a serão mais mulheres do que homens correndo a prova!
 

 

Um beijo, 

Dani Germano





Dermatologista alerta: maquiagem tem que ser removida antes de dormir

Gilvan Alves fala sobre os produtos que devem ser utilizados

obj_strip_48581_0_full

Para boa parte das mulheres usar maquiagem no rosto faz parte da rotina. O objetivo é esconder olheiras e outras imperfeições na pele, além de realçar os traços. Mas na hora de tirar a pintura, principalmente antes de dormir, muitas não tem preocupação, por exemplo quando voltam do trabalho cansadas ou de festas, e acabam indo dormir maquiadas mesmo. Erro grave, como garantem especialistas em pele.

O dermatologista Gilvan Alves (CRM 7940) alerta que não tirar a maquiagem pode provocar acne na pele do rosto.

“A maquiagem acaba acumulando sujeiras, suor, enfim, enfim, as impurezas suspensas no ar durante o dia e que precisam ser removidas do rosto à noite. A acne é apenas um dos problemas. Sem a devida limpeza a pele pode ser acometida de infecções, ficar com poros abertos e perder o brilho”, explica o dermatologista.

A remoção da maquiagem, segundo o especialista, deve começar com um demaquilante. O produto deve ser aplicando utilizando algodão. As opções incluem as oleosas e à base de álcool, e a escolha deve ser de acordo com o tipo de pele.

“Para melhor hidratar a pele do rosto recomendo o consumo de muito líquido, a preferência deve ser pela água e sucos naturais, além de alimentos que contenham vitaminas A e C, como a laranja e a cenoura. Os hidratantes são importantes para preparar a pele antes de dormir. As melhores opções são os feitos a base de vitaminas A e C”, finaliza o dermatologista.

Dermatologista Gilvan Alves

CRM 7940





RECEITA MUFFIN DE ABOBRINHA COM ESCAROLA

IMG_3225
1 abobrinha picada
5 folhas de escarola picadas
Meia cebola picada
Azeitonas picadas
Sal, orégano, Pimenta e azeite.

3 ovos batidos com 3 colheres de tapioca e temperos.

Misture tudo e leve para o forno em forminhas de mini bolo por meia hora.

Gostaram ?





CINCO COISAS PARA FAZER ANTES DA MEIA MARATONA

Corrida (1)

Mesmo depois de mais de vinte corridas de rua, eu ainda fico nervosa antes de qualquer prova, principalmente se forem vinte e um quilômetros. Depois da minha primeira – e única! – lesão, eu sempre fico enlouquecida com os lugares em que já senti algum certo incômodo e, claro, com o meu pezinho, como vocês sabem, já muito amado por uma fascite plantar. Começo a ficar preocupada com o clima. Será que vai fazer um calor insuportável? Posso mesmo torcer para chover? Eu começo a calcular por quantos quilômetros usei o meu tênis preferido e se ele não está ferozmente desgastado para me acompanhar nos próximos #vinteum. Talvez, o que mais vier a sua cabeça possa ser motivo suficiente para me fazer surtar. Aos poucos e ao longo dos meus três vinte e um quilômetros, de um jeito meio torto, tenho aprendido a dar importância às coisas que eu posso controlar – tenham certeza de que continuarei aprendendo a cada corrida. Então, achei interessante fazer uma pequena lista com as cinco coisas que eu costumo fazer na semana que antecede uma Meia Maratona para me ajudar a manter a calma e a acreditar no treinamento que me fez chegar até o dia da prova. 


#1 // Dormir, dormir, acordar cedo e dormir

 O sono ou a falta do dito cujo é algo que realmente me afeta. Eu definitivamente não funciono com sono e, acredito, que você também. Estaremos prestes a colocar o nosso corpo para funcionar ao longo de vinte e um quilômetros e o mínimo que devemos fazer é dormir bem. Eu durmo o máximo possível na semana que antecede o dia da corrida, mas isso não significa que eu acorde tarde, pelo contrário, eu acordo cedo, todos os dias, para seguir domesticando o meu corpo a funcionar no início do dia – sem escapulidas e treinos ao final do dia.  


#2 // Restore, liberação miofascial e gelo

Se treinamos bem, provavelmente, colocamos o nosso corpo sob muito estresse nas últimas semanas de treinos. A semana antes de uma corrida é para descansar e, sim, devemos tratar os dias de descanso com a mesma importância que damos aos dias de treinamento. No dia da corrida, precisamos estar dispostas e, inclusive, em sintonia com a nossa caixola – acredito que nada seja pior que o cansaço mental! Liberação miofascial e gelo são as melhores maneiras de deixar o quadril solto, as pernas mais flexíveis e os músculos recuperados para que estejam cem porcento. 


#3 // Carbload – sem excesso! E água!

Não precisamos comer um quilo de massa nas horas que antecedem uma corrida dizendo a nós mesmos: “Precisamos de carboidratos!”. Na verdade, não precisamos de um jantar estilo ceia de Natal ou casa da avó para correr #vinteum quilômetros no dia seguinte. Você já correu longa distância depois de jantar em um rodízio de pizza? Provavelmente não. Sem excesso, arroz, massa, quinoa e frutas frescas são minhas maneiras preferidas de carbload. Também é importantíssimo se hidratar da melhor maneira possível durante a semana que antecede a corrida. Viciada em água que sou, recentemente, li um artigo sobre alguns sinais incomuns de desidratação que incluiu algumas maneiras de verificar a desitradação e adotei uma delas: bebo mais água quando percebo que o meu xixi está bem amarelado!


#4 // Pre-pa-ra

Sou apressada e já gosto de deixar bem definido o que usarei no dia da corrida. Separo tudo o que vou levar no cinto, vejo os produtos que não posso deixar de usar reparo se o relógio vai estar com bateria até o dai da prova, busco a certeza de que escolhi a roupa apropriada para as previsões do tempo para o dia da corrida e compro o que irei consumir durante os #vinteum. 


#5 // Relax

O Netflix vai virar o meu melhor amigo, vou fazer as unhas, colocar uma máscara no rosto – sei lá, qualquer coisa que eu não tive tempo de fazer nos fins de semana desde quando eu passei a ter uma corrida longa marcada para sábado de manhã. Treinamos para isso! Ganhamos esse dia de descanso, agora tudo o que nos resta é confiar nos nossos treinos e relaxar.

Boa sorte para todas as corredoras da NikeWomen Victory Tour!

Espero ver todas por lá!

https://www.youtube.com/watch?v=8f3BPHQ0SsI

Um beijo,
Dani Germano




TREINÃO NO RIO

Nosso treinão de sábado foi no Parque dos Patins no Rio De Janeiro. A energia estava maravilhosa.

Obrigada a todas que participaram e a todas mensagens que recebemos !!! E o melhor de tudo que foi só o aquecimento …. Domingo é o grande dia #NikeWomenVictoryTour 
26232708065_787c2f56a9_k25959881710_3b889dabb3_k 26166403901_ccced993de_k26206707526_8188b3de67_k25959740390_eb358f6c39_k 25629833293_94e448f14c_k 26140050672_3fff0ef113_k

O Link das fotos : https://flic.kr/s/aHskxyJFNu

Esta chegando !!!

Beijos, Manu & Fe





Corpo saudável, sorriso dos sonhos

IMG_6046

Tão importante quanto ter um corpo em forma é ter um sorriso saudável e bonito.

Dentes alinhados e brancos fazem toda a diferença quanto olhamos nosso corpo como um todo, são nosso “cartão de visita”.

Se os olhos são as janelas da alma, podemos dizer que nossos dentes refletem nossa saúde e vitalidade.  Sinais como mau hálito podem significar problemas gastrointestinais, sangramentos podem ser desde falta de vitaminas até problemas mais sérios na gengiva que podem desencadear doenças diversas, por isso a consulta periódica ao dentista é tão importante.

Alimentação adequada, com pratos coloridos e variados, ricos em vitaminas, fibras e cálcio ajudam a ter um corpo bonito mas também um sorriso saudável.

Além da parte estética a função de mastigação e equilíbrio muscular são extremamente importantes e com a ajuda de aparelhos ortodônticos qualquer alteração pode ser corrigida, garantindo um sorriso alinhado e em perfeito funcionamento.

Os aparelhos mais modernos trabalham todo esse alinhamento sem que ninguém perceba. São extremamente estéticos, praticamente invisíveis e em alguns casos permitem que o tratamento seja feito em menor tempo.

Um estudo muito interessante sobre relacionamentos e sorrisos da AACD (American Academy of Cosmetic Dentistry) constatou que 85% disseram que pessoas com dentes bons são mais atrativas; 33% não colocariam seus melhores amigos em um encontro as cegas com alguém que tivesse dentes ruins; 33% não beijariam alguém com dentes ruins. 84% dos adultos percebem que ter um sorriso atrativo é importante para terem um encontro com a pessoa certa.

Conheça mais sobre aparelhos invisíveis, visite o site

www.estheticaligner.com.br e descubra que é possível ter o tão sonhado sorriso perfeito.

imagem JPG

Um abraço,

Dr. Fernando Stefanato Buranello

Mestre e Especialista em Ortodontia

fernando@estheticaligner.com.br