Exuma

O que você precisa saber para viajar para Exuma.

Em algumas palavras, o que você vai encontrar quando viajar para Exuma?
Azul, mar, mão inglesa, simplicidade, tranquilidade, animais inesperados, areia branca, cavernas, mansões, pouco brasileiro, poucas pessoas, praia vazia, um feed lindo no instagram (hihi)

Bom, Exuma é uma das 700 ilhas pertencentes a Bahamas. Fica pertinho da Flórida e 30 minutos de voo de Nassau, a principal cidade do País.

Li que foi colonizada pelos Ingleses, e que apesar de ter se tornado independente em 1973 ainda é comandada pela Rainha Elisabeth II (aquela mesma, da Inglaterra). Deve ser por isso que algumas marcas inglesas ainda são bem fortes na ilha, como o jeito de dirigir (mão inglesa) e o sotaque, que é bem diferente do Americano, ele puxa um pouco para o britânico, as vezes era até difícil de entender. A moeda vale o mesmo que o dólar, e lá eles aceitam dólar tb.

Exuma é dividida em Great Exuma (onde geralmente os turistas ficam) e Little Exuma. E só tem 7mil habitantes. Para você ir de Great Exuma para Little Exuma vc passa por uma ponte, que só cabe um carro. Quando passamos por ela ainda pensamos: Se fosse no Brasil a fila seria quilométrica. Mas lá?? Nem um fantasminha… hihi.

Quando ir? Qual a melhor época?

Lá é quente o ano todo, mas como em todo lugar, tem o período mais chuvoso e mais seco. Fica em torno de 25°C a 32 °C. De junho a novembro é o verão e também a época mais chuvosa. Nós fomos dia 26 /12 – 01/01. Passamos a Virada do Ano lá.

Como chegar lá?

Não existe voo diretão, nem dos Eua. Nós fizemos o trajeto Rio – Miami. Chegamos em Miami as 15h e dormimos lá 1 noite. No dia seguinte, as 9h30, pegamos o voo para Nassau, Bahamas. Chegamos em Nassau as 10h, conseguimos despachar as malas e pegamos um taxi para conhecer a cidade, pois nosso Voo para Exuma era somente as 18h. Não tem aquelas conexões rapidinhas. Foi legal, em Nassau tem uns pontos turísticos bacanas de conhecer, como o Atlantis Paradise Island Resort.

Depois de umas boas horas batendo perna, voltamos para o aeroporto e embarcamos.

Chegamos em Exuma a noite. São 30 minutos ou menos de voo, bem rapidinho mesmo, naqueles aviões teco teco, porém bem novinhos por dentro.

Chegando no Aeroporto você já consegue ver que lá realmente é tudo muito simples. As malas chegam no carrinho e você deve achar a sua, salve-se quem puder! Haha.

A empresa aérea que pegamos foi a Bahamas Air, comprei as passagens no decolar.com e deu tudo certo. A passagem não é cara, mas somando as taxas e multiplicando pelo dólar, acaba ficando carinho. Acho que paguei por volta de 3 mil reais (preço final no cartão) para duas pessoas. Miami MIA – George Town GGT, em alta temporada.

E agora… como sair do aeroporto?

Alugamos um carro durante todo o período que estivemos lá.  Fizemos com a empresa Sure to Shore ( http://www.exumaairport.com/exuma-airport-car-rental.html) .

Consegui pesquisando no google.  Enviamos um email e a Janese foi super atenciosa. Falou que o carro estaria no aeroporto, aberto com a chave dentro, e nos avisou a placa para que pudéssemos procurar. Isso mesmo, fiquei um pouco assustada com o processo. Mas… Partiu aventura.

O único problema foi que chegamos no escuro e tinham vários carros muito parecidos com o nosso. Demoramos uns 30 minutos para achar o nosso Nissan dourado.   

Entrei no carro e a surpresa, volante do lado direto. Sério, é muito confuso. Fui ligar a seta e liguei o para-brisa, haha, é tudo ao contrário. Sorte que é carro automático e a estrada é praticamente vazia. Mas dá uma certa agonia pensar que você está andando na “contra mão”. A sensação era de que os carros iriam bater em mim o tempo todo. Haha. Mas depois acostuma, aí você tem que ir embora e dirigir em Miami. Haja neurônio nas férias.

Lá é muito fácil, só tem uma estrada. Sério. Não tem como se perder.  Mas apesar de você achar que é tudo pertinho, não é não. Tem lugares que demoram 40 minutos para chegar.  Dos 6 dias que ficamos lá, usamos o carro 3 dias somente. Porque os outros dias fizemos passeio de barco. Mas como lá o vento é imprevisível, as vezes você agenda um passeio e eles transferem para outro dia (aconteceu com a gente), aí você faz o que sem carro?? Bom, aluguei todos os dias e não me arrependi, pelo menos não fiquei no perrengue quando precisei me deslocar, ou ir em algum restaurante. E taxi lá é uma fortuna.

Onde Ficar?

Essa é a melhor parte da viagem.

Escolhemos um hotel péssimo. Tivemos azar mesmo.

Quando você começa a olhar o preço dos hotéis você se assusta um pouco. Diárias de 500 reais para cima (pelo menos na época que fomos, que era alta temporada. Com certeza deve baixar em outras épocas). Pensamos até em alugar casa. Mas, na correria do ano acabamos ficando em hotel e fizemos uma escolha ruim mesmo.

Ficamos em George Town, que é o centro da cidade. Escolhi essa região pois li em vários lugares que seria mais fácil acesso ao supermercado, e restaurantes. E também porque acabou saindo mais em conta, R$400,00 a diária. Mas não vale a pena. #Arrependimento

Quando você vai para esses lugares paradisíacos, vale a pena ficar perto da água, é outra vibe.

No dia em que chegamos estava rolando um “Carnaval”. Era uma festa imensa no meio da rua, bem em frente ao nosso hotel – Two Turttles. Nem conseguimos entrar de carro no hotel, tivemos que estacionar há uns 500 metros de distancia e ir arrastando mala.

Chegamos lá e o hotel não tinha nem um cercado, nem recepção. E aí??? Como entrar no quarto? Por um acaso achamos o gerente, nem se quer perguntou nosso nome e já foi entregando a chave do quarto. Quando abrimos a porta a grande surpresa. Todo sujo, todo, sério, era de chorar. Não tinha toalha, nem roupa de cama. Entrei em desespero. Naquele tumulto todo, como iriamos tomar banho, ou dormir em paz??? O barulho era tanto, da festa, que entrava na alma.

Por sorte encontramos o cara novamente, reclamamos e ele nos deu um quarto maior e limpo. Mas aquela noite foi tensa. Durante a festa as pessoas entravam no hotel (até porque não tinha cercado) e tentaram entrar 2 vezes no nosso quarto (acho que queriam ir no banheiro. Oi né??? kkkkk).

Me arrependi muito de ter ficado no Two Turttle. Para não deixar passar a ruim impressão, terça feira tem Karaokê num nível extra mega alto até 1h da manhã, que não deixa ninguém dormir (tive que tomar dramim), e toda quinta a noite uma banda simplesmente ensaia em um dos quartos. Nosso chão chegava a tremer. Serio, não desejo isso pra ninguém. Era pra relaxar não se estressar.

Depois dessa noite eu fiquei furiosa, fui ao bar do hotel e reclamei muito, eles riram.  Isso me irritou e trocamos de hotel. O barato saí caro. Lição que aprendi, não da pra economizar em conforto na viagem. Mas quem ia saber né? Nas avaliações dos sites ninguém falava esses aspectos, só falavam que era simples mas que dava pra ficar. Tomara que ninguém caia na mesma furada.  

Fomos para o The Exuma Beach Resort, uns 10 minutos de carro do Two Turttles. E foi ótimo. Hotel maravilhoso, tranquilo, os empregados super simpáticos, e você pode pegar o Boat Taxi, para ir em outras ilhas, no próprio hotel. O quarto era muito bom e tinha até uma varandinha imitando uma mini praia. Muito Fofo. E por sorte a melhor festa de Ano Novo era nesse hotel, e a noite acabou sendo incrível.  

Tem vários hotéis ótimos lá. Até grandes Resorts, como o Sandals, mas que a diária custa 2500 reais. Baratimmmm.

Minha Dica, pesquisem, vejam as avaliações, e não fiquem no Two Turttles.

O que fazer na ilha?

O incrível lá é a cor da água, é de doer os olhos.

Mas se você não fizer um passeio de barco você não consegue ver as belezas da ilha como um todo. Ou seja, tem que fazer.

Fizemos dois passeios. Cada passeio custa de 100 a 180 dolares por pessoa, dura de 9h as 17h. Com água e refrigerante incluídos. Sugiro tomar um remédio de enjoo, pois o barco balança bastante, por conta do vento.

Mas é incrível. Você conhece toda a Exuma Cays, todas as ilhotas e praias paradisíacas ao redor.

No passeio você vê as mansões dos famosos, as iguanas, tartarugas, arraias, porcos que nadam (mas fiquei sabendo depois que colocaram esses porcos lá para turismo, será?? ☹), tubarões, bancos de areias e água transparente e azul.

Se você tiver como investir, ou estiver em amigos, faça o passeio privado, é muito melhor, pois você pode parar o barco onde quiser, é outra vibe. Custa uns 1000 dolares por dia por barco. O passeio em tour você fica 20 minutos somente em cada ponto. A gente que gosta de tirar fotos, acabou sendo pouco tempo.

Exemplo, no meio do caminho vimos um cardume (não sei se é cardume que se fala) de arraias, na verdade eram aquelas mantas, gigantes. E queríamos pular na água a qualquer custo, mas não podíamos.

Fiz dois passeios, um com a Four C’s e outro com  a Exuma Sunrise. A Four C’s é mais profissional.

Lugares em que o barco passa…

Iguanas

Porcos que nadam

Tubarão lixa

Bancos de areia

Praias para ir sem o passeio de barco de 100 dólares.

Stoking Island

A primeira praia que fomos foi a Stoking Island. Você tem pega um Taxi aquático (lancha), que custa 15 dolares por pessoa ida e volta incluídos, e demora uns 10 minutos para chegar. Pode pegar em George Town (era pertinho do nosso primeiro hotel, 2 minutos a pé).

A ilha é linda, tem umas arraias muito fofas na beirinha, restaurantes super gostosos. Sugiro passar o dia inteiro, sem pressa. É muito gostoso. Fomos 2 vezes, de tanto que amamos.

Tropic of Cancer Beach

Essa praia fica em Little Exuma. É simplesmente linda. Vazia e enorme. Água igual piscina, areia branquinha. Tem que ir de carro.

Emerald Bay

Praia que fica o Sandals Resort. Eu nunca vi uma água tão azul. Ela não é transparente, mas é um azul inacreditável. Só estando lá para entender.

Tem várias outras praias lindas na ilha. Tem que pegar o carro e ir pipocando.

 

Onde Comer?

Ficamos 2 dias sem água para beber, pois chegamos no feriado e não tinha nenhum mercado aberto. Haha.  Loucura né?

Um dos restaurantes que amamos foi o Santanna’s Restaurant e o Catch a Fire. Mas tem outros lindos também. Pesquisei alguns no blog da lalarebelo.com

O Santanna fica em Little Exuma, ou seja, quando for para a Tropico f Cancer vale a pena passar lá e comer.

E o Catch a Fire vale ir no por do sol, é incrível o visual. Fica em Great Exuma, perto a Jolly Hall. Comida muito boa, comemos uma lagosta maravilhosa.

Dicas preciosas:

  • Levar repelente. Lá tem aqueles mini mosquitos que te picam sem você ver. Eu voltei muitoooooooo picada kkkk.
  • Precisa de Vacina da Febre Amarela. Eles olham na entrada do aeroporto em Nassau, e também em Miami eles pedem para verificar. Vai que você embarca sem né??
  • Ilha não tem luxo, usei havaiana todos os dias.
  • Tem que levar câmera para tirar foto na água.
  • Fiquem uns 4 dias pelo menos.

Gostaram???
Agora é só planejar e voar!!!!

A vida é muito curta para não aproveitar cada momento!!

Beijinhos

Manu





Colchão Novo


Quem me acompanha, sabe que eu estou reformando meu quarto… mostrei vários detalhes da obra e das mudanças que fiz.
Um dos motivos dessa reforma, foi deixar meu quarto mais agradável e gostoso para eu conseguir descansar melhor.
E sem duvida alguma, um dos itens mais importantes foi o meu colchão novo. É impressionante a diferença que faz.
Meu colchão antigo era meio mole, não tinha qualidade boa, então eu pesquisei e quis um colchão de qualidade melhor e com preço bom(claro).
Eu optei pelo Smart Inducol pela facilidade de escolha e compra.

O site deles é muito fácil e muito rápido para comprar… são alguns cliques onde escolhemos o tamanho, o conforto(macio, intermediário ou firme) e se queremos box ou não… pronto! Depois disso, em poucos dias, eu já estava dormindo nele… e que sono bom!
Consegui relaxar muito mais, minha posição ficou correta e ele me deu a impressão de ser mais “fresco” que o meu antigo… não esquentou meu corpo, isso fez muita diferença.

Eu escolhi o tamanho casal com o conforto intermediário, perfeito!

Eu adorei e recomendo!

Entre no site e faça uma simulação, você vai ver como preço vale a pena!

www.smartinducol.com.br

 





Experimente Viver Melhor

Olá galera,
Hoje estou aqui para contar um pouco de uma ação super legal que participei…


A SupraSoy, que já é famosa pelos produtos maravilhosos para quem não pode consumir glúten e lactose, fez um desafio pra mim… Experimentar viver melhor com pequenas atitudes diárias.

Eu recebi uma caixa com o SupraSoy Sem Lactose Original e SupraSoy Light. Junto tinha também um livro de receitas diversas para usar SupraSoy. 

A variedade de receitas é imensa e tem para todos: desde veganos a celíacos. E claro, tudo sem Lactose!

Eram três desafios, onde eu tinha que começar o dia com uma receita maravilhosa usando SupraSoy 

– fiz um shake maravilhoso de morango;


Segue a receita:

Shake de Morango com SupraSoy sem lactose original

Ingredientes: 

1 pote de iogurte sem lactose (da sua preferencia);

 1 colher de mel; 

10 morangos;

3 colheres de SupraSoy Sem Lactose Original sem sabor;

1 colher de chia; 

1 colher de óleo de coco.

Modo de preparo: 

Bater no liquidificador todos os ingredientes por cerca de 3 minutos. 

Coe todo o liquido na peneira se desejar e acrescente gelo quando ainda estiver batendo os ingredientes no liquidificador.

Nesse calor, ficou uma delicia!!!!
– … Ensinar para vocês o meu abdominal preferido – o vídeo está lá no meu Instagram (@fernandaqueiroz)

– …. e por ultimo: relaxar!

Vocês sabem como o descanso é importante… tanto do corpo como da mente… sem duvida tudo isso fez muita diferença pra mim.
De tudo isso, o que eu achei mais incrível é que todo mundo pode participar… eles criaram uma plataforma incrível com dicas de vida saudável para quem opta por seguir este caminho. 

Pra quem ainda não conhece segue abaixo algumas informações sobre os produtos:

SupraSoy Original

Para quem tem intolerância à lactose, ao glúten, e APLV, SupraSoy Sem Lactose Original é a alternativa perfeita para substituir o leite de vaca em bebidas ou no preparo de receitas doces e salgadas. Tudo isso com mais saúde e nutrição, pois SupraSoy Sem Lactose Original é rico em Fósforo, Zinco e nas Vitaminas A, B12 e D; além de ser fonte de Proteínas, Cálcio, Cobre, Ferro, Iodo e Vitamina B2. Versátil e totalmente prático, para preparar basta adicionar água e se deliciar em porções saudáveis de 124 kcal. 

Ideal para crianças maiores de 1 ano de idade, adultos, idosos e pessoas em geral que vivem em busca de alternativas nutritivas – que não contenham lactose, glúten ou proteínas do leite de vaca – para substituir o leite de vaca.
SupraSoy Light 

SupraSoy Light Zero Lactose é a versão mais leve para quem não quer abrir mão dos benefícios da família SupraSoy. E, quando dizemos que é mais leve, é mesmo! Este produto tem 90% menos açúcar e 58% menos gordura comparado ao SupraSoy Original Sem Lactose e 106 kcal por porção, mas ainda assim é sem lactose, sem glúten, prático e versátil – basta adicionar água ou criar novas receitas! Além disso, é rico em Cálcio, Ferro, Fósforo, Vitaminas A e B9. Fonte de Niacina, Cobre e Vitaminas B1, B2 e B6, tudo o que um verdadeiro amante de refeições saudáveis e nutritivas precisa!

Ideal para homens e mulheres que procuram uma alimentação saudável, nutritiva e com baixo teor de gordura. Ele também atende dietas que excluem glúten, lactose e proteína do leite de vaca. Pode ser facilmente preparado como bebida, mas também rende deliciosas receitas doces e salgadas!

Há também um espaço de fórum para debater dúvidas/dicas/receitas, dicas de nutricionistas credenciadas pela marca etc.

Corre lá e participa: 
www.experimentevivermelhor.com.br
Experimente viver melhor com Suprasoy!





VERÃO X CÂNCER DE PELE

Com a chegada do verão as pessoas logo pensam em sol, praia , piscina; mas isso pode não ser o melhor para a saúde da nossa pele. O sol traz muitos benefícios como ativação da vitamina D, ao mesmo tempo que causa danos a nossa pele que posteriormente pode se manifestar como manchas , rugas e câncer.

Os três tipos de câncer de pele são Melanoma , Carcinoma Espinocelular e Carninoma Basocelular ; sendo os dois últimos intimamente relacionados com a exposição solar excessiva .

Principais cuidados:

-Evitar o sol entre 10 e 16 horas;

-Usar filtro solar com fator de proteção acima de 30 adequado ao tipo de pele e reaplicar a cada 2 horas. (replicar toda vez que molhar o corpo);

-Roupas e chapéis com proteção UV são uma boa opção para pessoas alérgicas ou com pele sensível.

-Alimentos com antioxidantes tornam a pele mais resistente , alguns exemplos :cenoura , abóbora, manga , damasco, uva ,espinafre ,couve , brócolis … são ricos em Vitamina C ,ácido ferúlico ,resveratrol, betacaroteno e coenzima Q 10.

-Hidratar o corpo é essencial para manter a pele saudável. Após passar o dia na praia ou piscina é fundamental o uso de hidratantes.

-Uma novidade na defesa da pele é o uso de adesivos que verificam a dosagem de raios UV no momento da exposição.

-Realizar consultas periódicas ao dermatologista;

Dra Lu Passoni – Dermatologista

 Essas foram as dicas da minha dermatologista.

Gostaram? Tem alguma duvida? Manda pra gente!

beijos Fernanda Queiroz e Manuella Rangel

#vemcomelas





Dica de Beleza

Oi Meninas,

Vocês sabem que nós amamos dar dicas de beleza. Sempre estamos mostrando alguns produtinhos que amamos e que não deixamos faltar em casa.

O queridinho da mês é esse sabonete da Biocrema. Eles têm combinações especiais que são muito refrescantes, como:  perfume de Erva Doce com silicone, Óleo de Algodão com extrato de Aloe Vera e também o Esfoliante, que possui aquelas esferinhas esfoliantes altamente hidratantes, que renova a pele a cada dia. Hummmm… Nós amamos esse esfoliante.

Biocrema1

O mais maravilhoso é que você tem tudo isso em apenas 1 sabonete. Você já sai do banho pronta, com a pele hidratada, uniforme e macia.

Biocrema2

Ah, você encontra nas farmácias ou supermercado.

Prove e nos conte o que achou!!!!!

Beijinhos

Manu & Fe

#BriocremaAlimentaMinhaPele

https://www.facebook.com/biocrema/





Por que tomar Spirulina e Chlorella?

Chlorella

Oi pessoal, como vocês sempre me perguntam no snap sobre a função da Spirulina e Chlorella, resolvi escrever aqui mais detalhado.

Hoje sabemos a importância de detoxificar, purificar e renovar as nossas células antes de qualquer coisa.

Com a correria do dia a dia, hábitos alimentares ruins, estresse e excesso de atividades intelectuais, nosso corpo vai ficando debilitado e precisando de mudanças.

Quando essas mudanças começam na alimentação, uma cadeia de relações metabólicas vão acontecendo e mexendo com o corpo inteiro.

Aí é que entra a essas duas algas super potentes.

chlorella comprar

 

A Chlorella usamos muito para eliminar as impurezas do corpo,  aumentar a imunidade,  regular o sistema digestivo e também como fonte de renovação celular.

 

 

 

Spirulina comprar

 

A Spirulina é ótima para fornecer energia, aumentando a força e produtividade do treino. Ela também auxilia na proteção celular eliminando os radicais livres e no processo do emagrecimento.

 

 

Onde comprar e como usar?

A Ocean Drop é uma das marcas que gosto de utilizar bastante em consultório, como forma de suplementar e abusar dessas estratégias alimentares.

Você pode pegar as informações de compra pelo insta @oceandrop ou whatsapp (47) 9999-7650, ou comprar clicando aqui, e com o código “vemcomelas” você ganha 10% de desconto. #ficaadica

Geralmente utilizo a Chlorella de 500mg a 1000mg no final do dia e a Spirulina a mesma dose de manhã e antes do treino, mas a conduta é bem individual e precisa ser orientada pelo seu Nutricionista.

Qualquer dúvida podem perguntar aqui ou lá no insta @VemComElas.

Beijinhos

Manu

 

 

 

 





SOPA DE ABÓBORA JAPONESA COM CURRY

Pra começar essa semana fria que tal uma sopa deliciosa ?

Receita da @verdevertgreen

sopa

INGREDIENTES:

  • 3 xíc de abóbora japonesa descascada;
  • Curry em pó a gosto;
  • 2 col sopa de óleo de coco ou azeite;
  • 1 cebola picada;
  • 1 dente de alho picado;
  • um pouco de gengibre picado;
  • uma pitada de cúrcuma;
  • 4 col sopa de leite de coco caseiro
  • 2 xíc de caldo de legumes caseiro;
  • rúcula a gosto;
  • sementes de girassol e abóbora a gosto;
  • cheiro verde a gosto.

COMO FAZER:

  1. Cozinhe a abóbora;
  2. Bata no liquidificador com o caldo de legumes e o gengibre;
  3. Refogue a cebola e o alho no óleo de coco ou azeite;
  4. Adicione a abóbora batida, o curry, a cúrcuma e o leite de coco e cozinhe até ferver;
  5. Acrescente o Cheiro verde, a rúcula e as sementes quando for servir.

Quem mais ficou com vontade ??





Uma relação de ódio e amor com a esteira

Manu
Mas, afinal, o amor não deveria vir antes do ódio? Fatalmente, não, em especial quando se trata da relação entre eu, a corrida e a esteira.
 
Um ano após a minha primeira corrida de rua, percebi que poderia atingir resultados muito mais significativos e surpreendentes com a ajuda de uma assessoria esportiva, mas meu negócio sempre foi o asfalto e assim continuou sendo, já que entre correr na esteira e perder o treino, eu quase sempre acabava ficando com a última opção ou, quando decidia forçar a barra, achava o máximo correr fazendo cara de brava e me achando uma queniana,  enquanto corria em frente ao espelho, mas, infelizmente, essa empolgação só durava por uns 3k que, por livre e espontânea ilusão, eu considerava o equivalente a 5k, então, a esmagadora maioria dos meus treinos se resumiam ao asfalto, ao asfalto e ao asfalto.
 
Com o tempo e, talvez, com tanto impacto e falta de diferentes estímulos, acabei me lesionando às vésperas da 21K AXION energy Buenos Aires, minha prova-alvo do ano passado. Louca por Buenos Aires que sou e certa de que precisava correr aqueles vinte e um quilômetros, fui, chorei, engoli o choro, completei a prova no meu melhor tempo, até então, e, obviamente, precisei ficar quatro meses sem correr, além disso consegui a proeza de engordar três quilos em uma semana e, por isso, entre as sessões de fisioterapia, voltei a nadar e o meu ortopedista quase virou psicólogo.
 
Com o aval do meu ortopedista, voltei a engatinhar, fiz e continuo fazendo alguns treinos na areia fofa e, então, tive a certeza de toda a importância da corrida na minha vida quando consegui completar 12k sem sofrimento em cima de uma esteira – minha principal tática foi usar a quilometragem progressiva como recorde a cada semana. Eu fiquei uma hora e dez minutos correndo na esteira, pensando na vida, ouvindo minhas músicas preferidas – algo que não faço quando corro na rua – e, principalmente, muito feliz por estar entregando um treino da melhor maneira possível do que simplesmente aceitar deixa-lo de lado. Uma coisa é certa: a todo treino na esteira eu penso o quanto a minha relação com a corrida amadureceu e o quanto a “chatice” da esteira foi importante para eu perceber isso. Talvez, se não fosse a esteira eu ainda não teria percebido que noventa porcento dos meus problemas se resolvem com endorfina. Foi com a esteira que consegui deixar de procrastinar e passei a andar de mão dada com a disciplina, afinal, o treino “não feito” passou a dar lugar para o treinoindoor
 
Por mais que eu treine muito mais na rua, tenho optado por fazer os meus treinos mais fortes – fartlek, intervalo e progressivo – na esteira e é exatamente por optar fazê-los na esteira que consigo controlar o ritmo exato – e a inclinação! -, além de, por consequência, acabar optando por um impacto menor.
 
Inclusive, minha última sexta-feira foi de treino indoor, mas quem tem uma Meia Maratona em seis semanas não liga de correr na esteira em plena noite de sexta-feira, né? A propósito, a próxima Meia Maratona do Rio será histórica, afinal, pela primeira vez, a serão mais mulheres do que homens correndo a prova!
 

 

Um beijo, 

Dani Germano





Dermatologista alerta: maquiagem tem que ser removida antes de dormir

Gilvan Alves fala sobre os produtos que devem ser utilizados

obj_strip_48581_0_full

Para boa parte das mulheres usar maquiagem no rosto faz parte da rotina. O objetivo é esconder olheiras e outras imperfeições na pele, além de realçar os traços. Mas na hora de tirar a pintura, principalmente antes de dormir, muitas não tem preocupação, por exemplo quando voltam do trabalho cansadas ou de festas, e acabam indo dormir maquiadas mesmo. Erro grave, como garantem especialistas em pele.

O dermatologista Gilvan Alves (CRM 7940) alerta que não tirar a maquiagem pode provocar acne na pele do rosto.

“A maquiagem acaba acumulando sujeiras, suor, enfim, enfim, as impurezas suspensas no ar durante o dia e que precisam ser removidas do rosto à noite. A acne é apenas um dos problemas. Sem a devida limpeza a pele pode ser acometida de infecções, ficar com poros abertos e perder o brilho”, explica o dermatologista.

A remoção da maquiagem, segundo o especialista, deve começar com um demaquilante. O produto deve ser aplicando utilizando algodão. As opções incluem as oleosas e à base de álcool, e a escolha deve ser de acordo com o tipo de pele.

“Para melhor hidratar a pele do rosto recomendo o consumo de muito líquido, a preferência deve ser pela água e sucos naturais, além de alimentos que contenham vitaminas A e C, como a laranja e a cenoura. Os hidratantes são importantes para preparar a pele antes de dormir. As melhores opções são os feitos a base de vitaminas A e C”, finaliza o dermatologista.

Dermatologista Gilvan Alves

CRM 7940





RECEITA MUFFIN DE ABOBRINHA COM ESCAROLA

IMG_3225
1 abobrinha picada
5 folhas de escarola picadas
Meia cebola picada
Azeitonas picadas
Sal, orégano, Pimenta e azeite.

3 ovos batidos com 3 colheres de tapioca e temperos.

Misture tudo e leve para o forno em forminhas de mini bolo por meia hora.

Gostaram ?